fbpx
8 Dicas Para Andar de Bicicleta Com Segurança
2 de outubro de 2019
Como Cuidar da Bicicleta Elétrica
18 de outubro de 2019

Como Funciona a Bicicleta Elétrica

A bicicleta elétrica tem se tornado referência em transporte alternativo, quando se pensa em mobilidade urbana. A projeção da associação Aliança para o ano de 2022 é que a venda de bikes elétricas alcance a marca de 280 mil unidades, 6,6% do mercado total de duas rodas.
Os grandes atrativos da bicicleta elétrica são o fato de ser ecologicamente correta e extremamente econômica, existem bicicletas elétricas para todos os gostos e bolsos. Porém, ainda existem muitas dúvidas a respeito do seu funcionamento, por isso reunimos dicas que podem te ajudar muito na hora de escolher a sua.

Sobre a bicicleta elétrica

A bicicleta elétrica, conhecida também como e-bike, é um veículo híbrido, que funciona com os pedais, motor ou utilizando ambos. Existem duas categorias, mopeds e pedelecs.
As mopeds têm potência entre 351W a 4000W, alcançam velocidade de até 50km/h, o motor elétrico funciona com um acelerador, sem que haja a necessidade de pedalar. Esse modelo é considerado um veículo ciclomotor, pelo Código Brasileiro de trânsito.
Já nas pedelecs é o pedal que impulsiona o motor, por isso não tem acelerador, essa tecnologia é conhecida como pedal assistido. Outra diferença nesse modelo, é que a potência máxima é de 350W e ela atinge a velocidade de 25 km/h. Essa categoria não é considerada um veículo ciclomotor e obedece as mesmas regras das bicicletas normais.

MOTOR

Você vai encontrar bicicletas elétricas com motores nos cubos da roda dianteira ou traseira, ou no movimento central, embutido. É importante escolher um modelo que tenha no mínimo 250W, essa potência vai garantir uma forcinha extra para os pedais naquela subida enorme!
Existem dois tipos de motores: com escovas, conhecidos como brush e os brushless, sem escovas. O modelo sem escovas é mais usado nas e-bikes, porque são mais resistentes e silenciosos, e garantem a eficiência ao pedal.

BATERIA

A bateria é um item importante a ser considerado na escolha da bicicleta elétrica. Existem dois tipos de baterias para bicicletas elétricas: lítio e chumbo.
A bateria de chumbo, é o mesmo modelo utilizado em carros, ela custa um terço da bateria de lítio, mas é mais pesada, a vida útil é cinco vezes menor e o tempo de recarga é bem maior. Além disso se a bateria não for usada em um período de seis meses, ela para de funcionar.
A bateria de lítio dura mais, carrega entre três a cinco horas, é mais leve e a carga pode ser usada por completo, para depois recarregar novamente.

É importante salientar como é prático recargar a bateria de uma bicicleta elétrica. Basta retirar da bicicleta e plugar na tomada. Com a carga completa, a autonomia é de até 40 quilômetros, se você der uma forcinha pedalando, ela pode aguentar ainda mais.

VANTAGENS

  • Custo x benefício maior se comparado a carros ou motos;
  • Bateria pode ser recarregada em qualquer tomada;
  • Alternativa ao transporte público e aplicativos;
  • Tira você dos congestionamentos;
  • Ajuda no cuidado com a saúde;
  • Atende pessoas com limitações físicas ou outras condições médicas limitantes.

Depois dessas dicas valiosas você já está pronto para escolher sua bicicleta elétrica? Visite o nosso site e descubra mais vantagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *